quarta-feira, 29 de julho de 2015

"Um tapa na cara do povo carpinense"-Tota sobre união de Botafogo e Lapa.

Crédito da foto: Danielle Nurse

Nesta terça-feira(28), o vereador Tota Barreto se defendeu das acusações do ex-deputado Carlos Lapa de que estaria sendo agredido pelo vereador. Tota Barreto disse que só falou a verdade: "Votei em Carlos Lapa, em política tudo pode acontecer, mas Botafogo e Carlos Lapa? Carlos Lapa disse que Botafogo era o mandante de crime que tirou a vida de um dos melhores amigos dele. Foi só isso que questionei, falar a verdade é agredir? Imagina Carlos Lapa chegando agora na porta do povo carpinense para pedir voto? Acho que povo nem abre a porta. Isso é um tapa na cara do povo carpinense."- explicou Tota que também criticou a postura atual do Deputado Botafogo pessoa a qual também lhe desferiu críticas. "Se eu fosse eleito como deputado nas condições em que Botafogo foi (Botafogo substituiu o deputado Manoel Santos que faleceu), tinha ido ao meu pastor e perguntaria se podia fazer um culto  de ações de graças e uma festa no outro dia, e perguntaria ainda qual a banda o pastor me sugeriria"- disse o vereador Tota Barreto presumindo que o líder da igreja iria sugerir uma banda evangélica. "Quando ele estava sem mandato qualquer um dizia que Botafogo havia sofrido uma mudança profunda: educado, fino,  aí ganhou o mandato  e começou a agredir á todos de novo." - disse Tota que ainda disse que entre Botafogo e Júnior Botafogo escolheria Júnior: "votaria no candidato equilibrado emocionalmente, educado, que trata bem as pessoas e que repudia a violência." afirmou ele que ainda mandou um recado diretamente ao deputado que também criticou o trabalho do Secretário de Obras de Carpina Preto do Ipsep em alusão as obras feitas que deixaram o asfalto no centro da cidade danificado: "Tu fosse prefeito e tu se diz mestre de obras e nunca fez o serviço. Como é que quem nunca fez pode criticar quem fez?" - disse o vereador a Botafogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário