segunda-feira, 24 de março de 2014

Entrevista: "Copa do mundo no Brasil deve ser vista como um investimento." - diz deputada Luciana Santos

Foto: A Deputada Federal Luciana sendo entrevistada pela Jornalista, blogueira e radialista Danielle Nurse. Foto: Ana Karyne Rodrigues
Foto: Ana Karyne Rodrigues

Na tarde desta segunda(24), conversei ainda com a deputada do PCdoB sobre as conquistas da categoria feminina no decorrer dos anos e as eleições 2014

Dani Nurse: Comemoramos hoje aqui no Centro de Convenções em Olinda o dia internacional da mulher, como a senhora avalia em questão evolução e aquilo que ainda precisa ser conquistado para a igualdade social para as mulheres de todo país?

Dep. Luciana Santos: Não tenho dúvida que já tivemos grandes avanços mas, sem dúvida um dos grandes embates que a gente tem é a da superação da opressão. Não há uma consciência da condição da opressão até porque ela é cultural, evem desde a história oficial que não valoriza o papel das mulheres, quando se fala da luta contra a abolição não se fala de Lisa Floresta, só se fala de Joaquim Nabuco, quando se fala da resistência holandesa nós falamos do Henrique Dias, dos outros líderes da restauração pernambucana homens, mas não falamos do papel das heroínas de Tejucupapo. Na comunicação nem se fala, pra vender cotonete se usa o corpo da mulher, pra vender um sapato se usa o corpo da mulher, na música, ou seja, são muitas questões que precisam ser superadas. Mas somos daquelas que  temos a esperança de que um dia chegaremos lá com força, com vontade política, com determinação, com atitude.

Dani Nurse: Estamos aí beirando a Copa do Mundo no Brasil e nunca ouvimos falar de uma copa tão polêmica, qual a visão da deputada Luciana?

Dep. Luciana Santos: Acho que há um debate pouco difundido para a importância que vai ter a copa. Todo país disputa a possibilidade de sediar a Copa do Mundo pelo que isso impacta na economia. Nós vamos ter uma visibilidade do Brasil para fora muito forte, no turismo, da agenda de negócio, do ciclo e da cadeia produtiva que gera a própria existência desse evento. Acho que a gente precisa difundir mais o impacto econômico. O Brasil vai ganhar economicamente, a copa não pode ser vista como uma despesa, ela tem que ser vista como um investimento. Tenho certeza que o legado que a copa vai deixar as pessoas vão perceber. 

Dani Nurse: Expectativa para as eleições 2014.

Dep. Luciana Santos: As eleições serão complexas, difíceis porque nós vamos ter um ambiente de debate muito forte com a situação econômica ainda não consolidada do crescimento brasileiro, mas penso que nós vamos conseguir fazer um bom debate que é defender esse legado desse ciclo político vivido por Lula e Dilma e ao mesmo tempo, reconhecer o papel do governador de Pernambuco nessa construção política. 

A entrevista com a deputada completa, sem cortes você ESCUTA no próximo domingo á partir do meio-dia no Programa Falando Francamente da Rádio Alternativa FM 104.9.


Nenhum comentário:

Postar um comentário