sábado, 1 de março de 2014

Carnaval brasileiro testa segurança para o Mundial de futebol

http://s2.glbimg.com/poguEtb7zUXvJW6t5QnsydSuIoODNMIrr3B5_WTW2PpIoz-HdGixxa_8qOZvMp3w/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/02/10/vitoria_regia.jpg



As autoridades brasileiras querem utilizar os desfiles de Carnaval, em Manaus, para testar o esquema de segurança para o Mundial. Cerca de 6500 agentes de segurança vão estar nas ruas durante os próximos dias na cidade brasileira que vai receber (22 de junho) o Portugal-EUA (Grupo G).

Uma porta-voz do governo do estado do Amazonas disse ao CM que o esquema de segurança, que vai durar até à próxima quarta-feira, vai contar com elementos da polícia militar (segurança pública), civil (judiciária) e rodoviária.

Segundo as autoridades brasileiras, o fato de o sambódromo, onde durante vários dias vão desfilar 27 escolas de samba, estar localizado ao lado do Arena Amazônia permitirá "recriar" a situação ideal para o teste, já que as vias de acesso ao local são as mesmas do recinto. A concentração de pessoas também é outra semelhança: por cada dia de Carnaval devem passar pelo sambódromo quase 40 mil pessoas, praticamente a mesma capacidade do estádio (42 mil).

Tal como no Mundial, um centro de controlo foi instalado no Centro de Convenções, que fica no mesmo complexo do estádio e do sambódromo.

Com informações do Correio da Manhã de Portugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário