sexta-feira, 21 de março de 2014

Côrte Real lamenta estratégia do governador em descreditar o Governo Dilma



O deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) lamenta o discurso do governador presidenciável Eduardo Campos (PSB) que tem descreditado o Governo Dilma. Côrte Real lembra que o Governo Federal trouxe investimentos para o país, que o salário está acima da inflação, o brasileiro ainda tem poder de compra, a geração de emprego está a todo vapor e que muitas obras de Pernambuco foram custeadas com verbas federais. “A crise mundial continua, mas o Brasil ainda se destaca entre as economias mundiais”, diz.

De acordo com Côrte Real, o governador está se perdendo no discurso. “A estratégia do governador não está dando certo, pois, as pesquisas mostram que Dilma como a sucessora do presidente Lula desponta nas pesquisas divulgadas, com 43%, então o povo sabe o que ela e o presidente Lula fizeram pelo país. Bater no governo não vai adiantar”, lembra.

O parlamentar, que apoia o senador Armando Monteiro (PTB) para o Governo de Pernambuco, já se coligou com o PROS e PSC, e espera a coalização com PT, PDT e PP para dar peso ao palanque do nacional e estadual.

“Para fortalecer o palanque da presidente Dilma, candidata à reeleição, estamos em entendimento com o PT estadual – um partido de luta e de peso-. Até domingo tudo estará sacramentado. Estamos esperando o pronunciamento de todas as instâncias da legenda, porque, diferentemente, de outros partidos, que tem quem mande e diga como é, e como vai ser; o PT e PTB são partidos democráticos. A gente ouve realmente todos que fazem o partido, e todos nós participamos das decisões. Estamos negociando com o PDT. Com o PP acredito que o deputado federal Eduardo da Fonte se alinhará no âmbito estadual com PT, assim como já fez no cenário nacional. Tenho esperanças”, disse.

Côrte Real acredita que a eleição para governador de PE será definida ainda no primeiro turno, assim como, para a Presidência da República, no próximo mês de outubro.

Por Izabel Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário