segunda-feira, 22 de abril de 2013

Mãe que jogou filho no lixo tem identidade revelada

 



Ela ainda afirmou a polícia, que a criança teria nascido morta

Foi detida na tarde desta segunda-feira (22) após dar a luz e jogar a criança em uma lata de lixo, em Macaparana, Rosinete Maria da Silva, 25 anos, que prestou depoimento e continua na Delegacia da cidade. Ela não tem antecedentes criminais.

De acordo com a polícia, a suspeita teve a criança, de parto normal, dentro de casa, localizada na Travessa Geasi Alves. Após dar a luz, ela colocou o corpo do recém-nascido em uma sacola plástica e jogou na lata de lixo, nas proximidades. O corpo foi encontrado por populares que acionaram a polícia.

Em depoimento, Rosinete Matia da Silva alegou que a criança já nasceu morta. 
Questionamento: Porque então cortar o pescoço da criança e encher boca dela de absorventes?

A investigação, leva a crer, segundo a polícia,que a criança pode ter nascido com vida. O corpo do recém-nascido foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) para ser periciado.

O delegado responsável pelo caso, Helbert Martins, expediu um mandado de prisão preventiva, mas o documento está aguardando decisão do juiz. Se ficar comprovado, ela será indiciada por homicídio e ocultação de cadáver. Caso o juiz não acate o pedido, ela será liberada.
Só é o que falta. Vai vendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário