quarta-feira, 23 de julho de 2014

Morre o "Monstro" da literatura brasileira Ariano Suassuna




O escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna morreu hoje exatamente ás 17h:15m desta quarta-feira na capital pernambucana aos 87 anos, vítima de complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral hemorrágico. O escritor passou mal em casa, na noite de segunda-feira (21), e foi levado ao hospital onde já chegou inconsciente, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.
"O paciente teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana", afirmou a assessoria do hospital Português em comunicado à imprensa, acrescentando que a família ainda não informou os detalhes do funeral. No ano passado, o escritor sofreu um infarto, e dois dias depois de receber alta, deu entrada novamente no hospital por causa de um aneurisma cerebral.
Suassuna foi eleito para a Academia Brasileira de Letras em 1989 e ocupava a cadeira número 32. Outros dois membros da ABL morreram neste mês: Ivan Junqueira e João Ubaldo Ribeiro.
Com a vida intimamente ligada às artes cênicas e dotado de um carisma singular junto ao público, Suassuna manteve-se ativo até o último momento, apresentando-se recentemente em uma série de concorridas e bem-humoradas aulas-espetáculo, nas quais discorria sobre a própria biografia, entre outros temas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário