terça-feira, 29 de julho de 2014

“É preciso investigar a denúncia de propina do PSB”, diz Paulo Rubem

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), coordenador da campanha da Frente Popular de Pernambuco, está tentando desviar o foco das denúncias contra o PSB, que é acusado de pagar propina de R$ 6 milhões para garantir o apoio do PROS à candidatura de Paulo Câmara. Foi com essa certeza que o candidato a vice-governador Paulo Rubem Santiago (PDT), da coligação de Armando Monteiro, rebateu nesta segunda-feira (28) os ataques de Geraldo Júlio, proferidos durante entrevista à Rádio JC News, do Recife.
“Geraldo Júlio está querendo fugir das denúncias feitas pelo deputado federal José Augusto Maia, tentando desqualifica-lo. Neste momento, o que interessa é saber se as denúncias de propina são verdadeiras ou não. E nós não fizemos nenhum juízo de valor sobre as denúncias, mas é nossa obrigação pedir que o Judiciário faça uma investigação sobre elas, que são muito graves”, ressaltou Paulo Rubem.

Na opinião de Rubem, Geraldo Júlio deveria aceitar que as denúncias sejam esclarecidas, ainda mais porque cabe ao prefeito a tarefa de coordenar a campanha de Paulo Câmara, inclusive no que diz respeito às articulações com os partidos que passaram a integrar a Frente Popular.
“Geraldo precisa resolver isso logo e cuidar dos problemas do Recife. Ele anda envolvido demais com a campanha eleitoral, enquanto a cidade enfrenta gravíssimos problemas na Educação, na Saúde e na mobilidade urbana. A população do Recife ainda está esperando dele as soluções para estes problemas”, ressaltou Paulo Rubem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário