quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Avistei a 1ª dama de Carpina caminhando, vinha em minha direção desviei para o outro lado da rua. Porque?

Resultado de imagem para virando a cara para inimiga
Internet


Um relato
Um desabafo...
Na noite desta quarta-feira(19), esta blogueira que vos escreve vinha pela Av. Getúlio Vargas após mais um treino na academia. Daí então vinha eu distraída com aquele clima maravilhoso da rua Dos Tamarindos quando avistei vindo em direção oposta a mim (eu indo e ela vindo), a primeira dama de nossa cidade. Mesmo já estando muito perto de mim não pensei duas vezes, atravessei por cima da grama (que feio, mas foi a urgência!Não pisem na grama por favor), e fui para o outro lado.

Agora me deixem explicar o porque da atitude: quando deixei o grupo do nosso atual prefeito pelos motivos já explicados, fui muito franca com a mesma, disse a ela com todas as letras o motivo da mesma forma a qual disse ao povo, com total transparência, revelei inclusive minha escolha para prefeito. A atitude dela me surpreendeu, nobreza, só me disse que minha escolha tinha sido infeliz mas como ela era democrata respeitaria minha decisão, e enfatizou que o atual prefeito venceria as eleições. Me deixou um abraço. Super tranquilo. Realmente achei uma atitude madura e serena da parte dela, porém! Em um dos grupos formados na campanha do gestor no WhatsApp, e que permaneceram mulheres que me consideram ela me chamou de TRAÍRA. E disse que não esperava isso de mim é mole? Algumas puxa saco (porque só sendo) ajudaram a mesma escarnecer da minha pessoa. Tenho pessoas que me consideram e me disseram. Depois disso ainda entrei em contato com a mesma pelo zap com um assunto nada a ver com política (mensagem de otimisto) e ela simplesmente me bloqueou, e do face me excluiu, daí fui lá no perfil dela e bloqueei, pois excluir e ficar vigiando é bom né? Bloqueei! Isso faz tempo, foi antes das eleições mas ficou guardado dentro de mim.

Traíra eu? Faça-me o favor, fiz de tudo, dei meu melhor, para ajudar o prefeito reverter o quadro mas o mesmo chegou ao fundo do poço, vi que o navio ia afundar, como afundou e ele mesmo dispensou todo mundo para ir para onde quisessem, e muitos desses que seguraram o bastão até o último suspiro se afogaram! Se prejudicaram! Tive visão de águia, não quis me prejudicar com o povo, complicado pra mim aquela situação, ou você está do lado inteiro ou não está, meu caráter não permite! Poderia ter ficado como alguns candidatos que estavam fingindo estar do lado de vocês mas quando iam pedir votos o faziam para outro candidato a prefeito, essa mácula não carrego em meu caráter, preferi ficar por inteiro ao lado do povo que estava, ou melhor, ainda está, clamando por comida! Passando fome. Meu compromisso desde que lancei este blog na internet é com o povo. Não dava mais para defender o indefensável, os que insistiram em naufragar junto morreram afogados!  É muito egoísmo você saber que não tem nada mais a acrescentar a um grupo e querer que eles fiquem ao seu lado por um capricho. Tenho uma amiga, que foi candidata, vocês fizeram tudo para trazerem o partido dela e trouxeram na marra, foi um grande rebuliço. Ela também teve caráter mas ao contrário de mim, preferiu seguir no barco até o fim, vestiu a camisa, optou por defender o indefensável, perdeu votos! E em vésperas de eleição o prefeito a chama e diz que se ela quisesse podia ir para o lado de Botafogo de novo, que era com quem o partido dela originalmente estava.

Egoísmo, quando soube que a senhora primeira dama depois de dizer que me respeitava, que era democrata e depois de ter me mandado um abraço me chamou de traíra, vi que obviamente foi tudo da boca pra fora, que na verdade a mesma está bem longe de saber o que é democracia!

E diante dos fatos, preferi atravessar a rua hoje para evitar constrangimentos, pois não sabia se falava, se não falava, se eu falasse se levaria um fora, ou ficaria falando só... Achei por bem não dar chances, apesar do empasse e da cena hoje na praça não tenho um pingo de raiva dela, mágoa ou qualquer tipo de ressentimento, aliás achei ela uma grande guerreira neste eleição, sem dormir, sem se cuidar direito, 100% empenhada na campanha do esposo. Uma grande companheira de luta. Mas diante do dito por ela a meu respeito preferi não dar chances para ser pejorada.

É isso que gosto, de viver e expressar o que sinto, este blog é meu diário eletrônico e eu compartilho com vocês porque sei que vocês amam esses "babados" e eu amo a audiência de vocês! Beijos.

Danielle Nurse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário