quinta-feira, 11 de junho de 2015

Depois de criticar a novela Babilônia, vereador de Carpina dispara contra a Parada Gay e Governo Federal



 O vereador Tota Barreto (PSB) protagonizou na noite de ontem (09), na Câmara de Vereadores do Carpina, críticas a Parada Gay de São Paulo que utilizou-se de elementos religiosos para defender suas posições, ”não podemos admitir que para defender os discursos das minorias essa parada parta para agredir os princípios religiosos.”, declarou.

O socialista também disse, “quem quer respeito, dar respeito! Nós assistimos os nosso princípios e a família brasileira serem vilipendiados. Porque não fazem isso com Maomé, os mulçumanos responderia a altura”, afirmou Barreto.

Ele aproveito para culpar o Governo Federal pelo incentivo, “esse é um Governo de vagabundo. Governo que financia, que dar dinheiro a pessoas que agridem a fé da nação, qual é a qualificação que a gente tem que dar a esse governo? Governo de vagabundo - repetiu - que quer acabar com a família a célula máxima da nação brasileira”, referindo-se ao Governo Federal que através de bancos públicos e da Prefeitura de São Paulo, ambos do PT, financiaram o evento.

ASSISTA parte da entrevista com o vereador: https://www.youtube.com/watch?v=N7p_k9WC3SM

Nenhum comentário:

Postar um comentário