segunda-feira, 15 de julho de 2013

Médicos em estado de greve farão paralisações nos próximos dias 23, 30 e 31




Os médicos do estado vão parar. No entanto, para não prejudicar a população, a categoria optou por fazer paralisações em datas específicas. Nos próximos dias 23, 30 e 31 serão suspensos os serviços ambulatoriais, atendimentos do Programa de Saúde da Família e as cirurgias eletivas (marcadas). Apenas os serviços de urgência e emergência serão mantidos. Uma nova assembleia para definir os rumos da mobilização está marcada para o dia 31.

Cerca de 300 médicos participaram da reunião na noite desta segunda-feira (15), na Associação Médica de Pernambuco, na Rua Oswaldo Cruz, bairro da Boa Vista. Os profissionais encontram-se em estado de greve desde a última segunda-feira (08). A categoria quer melhores condições de trabalho, carreira de estado e são contra a vida de médicos estrangeiros para trabalhar no Sistema Único de Saúde.

Com informações da repórter Larissa Rodrigues, do Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário