quinta-feira, 29 de abril de 2010

Tragédia em Carpina: Dois homens morrem eletrocutados por fio de alta tensão.


Na tarde de ontem (quarta 28) os operários Ednaldo Vitorino Pereira, 44 anos, e Weydson de Albuquerque Alves, 49 anos, foram  mortos por choque elétrico, enquanto trabalhavam, em Carpina, na Zona da Mata Norte do Estado.
“A gente só escutou o barulho de alguma coisa explodindo, e faltou luz de imediato”, contou a comerciária Mavia Correia.
Os dois eram funcionários da prefeitura do município e por conta disso eram bastante conhecidos na cidade, e realizavam o serviço na BR-408 em frente a concessionária Autobelo. Eles estavam empurrando um andaime em uma área onde havia um sistema de alta tensão. “Agora só ficou a dor, a saudade. Uma pessoa que sempre ajudava, e que era conhecida nessa cidade”, disse a viúva de Weydson, Sandra Meyre dos Santos.
Weydson estariam completando 50 anos de vida hoje.O prefeito da cidade do Carpina decretou luto oficial de três dias.
Apesar do acidente ter ocorrido ontem, ainda não foi definido quando será o velório de ambos devido a greve do IML.
Segundo informações hoje pela manhã ainda faltavam 60 corpos na frente para serem liberados.
A delegacia de Carpina também investiga o caso. “Vamos trabalhar com duas linhas. A primeira é de acidente. No entanto, se a gente encontrar ou responsabilizar alguém, essa pessoa será indiciada”, explicou o chefe de investigação, Antônio José de Souza.

Um comentário:

  1. Não houve culpados e sim responsaveis por permitir que se trabalhe nesse lugar em condições tão precarias e esse não foi o primeiro a morrer nessa agencia por choque

    ResponderExcluir