sábado, 17 de abril de 2010

Evite que seu bichano tenha problemas de saúde por conta dos próprios pelos


Quem tem um gato possivelmente já se assustou quando o viu vomitando repentinamente pela casa. Contudo, antes de ficar alarmado e tomar alguma providência, é preciso saber o motivo. E, na maioria dos casos, é resultado de uma simples bola de pelo, pois como se sabe o gato se lambe e ingere pelo involuntariamente.

A língua de um gato parece uma lixa. Essa característica pode ser percebida ao passar o dedo, o que se deve a pequenos filamentos, que prendem o pelo lambido – que depois é engolido. Se o pelo do bichano se acumular no estômago sem passar para o trato intestinal, ele vomitará, o que é um recurso natural para se livrar de resíduos não digeríveis.

Para conseguir identificar melhor se o seu gatinho tem esse tipo de problema, procure observar se ele vomita um material repleto de pelos e se, ao expelir a comida imediatamente depois de comer, tenta alimentar-se novamente para se recompor. Também é aconselhável observar se há pelos nas fezes, e, em último caso, tente notar se ele perdeu o apetite e o peso.

Se a situação se agravar, o dono deverá procurar um médico veterinário para uma avaliação mais completa. Contudo, é possível ajudar seu gato em alguns casos. Primeiramente, tire toda a comida e água dele imediatamente. Se o material vomitado contém sangue e cheiro ruim, entre em contato urgente com o veterinário.

Se não for o caso, coloque uma ou duas colheres de vaselina branca na boca e nas patas do gato para que ele se lamba e nunca dê óleo mineral. Por último, repita o tratamento com a vaselina branca uma vez ao dia enquanto o gato apresentar o problema. Se o problema persistir por mais dois ou três dias, leve-o ao veterinário. 


Fonte: Pet Friends

Nenhum comentário:

Postar um comentário