segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Avaliação da festa de Reis em Carpina-veja quem encontramos por lá.

Diante da crise que temos enfrentado avalio como boa a festa de Reis. Sabemos que o ser humano é meio complicado e costuma criticar tudo. Ele aproveita, desfruta e continua criticando. Pelo registro feito por minha câmera você leitor pode fazer sua avaliação das ruas lotadas e concluir se o povo gostou ou não. Registramos aqui a véspera 5, e o dia 6. 

Confesso que fiquei surpresa quando soube que haveriam shows na festa pois o gestor do município já havia avisado que não haveria nossa tradicional festa o que em minha opinião seria horrível, pois a cidade é tida como referência lá fora também pela festa de Reis. Isso afastaria turistas, atingiria o comércio e geraria inúmeros comentários negativos. Muita gente banaliza festa, mas se tratando de uma tradição municipal não é. Cito como exemplo, a queima de fogos em Copacabana, o Rio de Janeiro como em todo país está sofrendo com a crise e a área da saúde foi muito atingida. Alguns hospitais públicos foram fechados mas mesmo assim o prefeito não deixou de gastar 3 milhões de reais com a tradicional queima. Se fosse uma festa particular valeria, seria sensato, mas se tratando de uma festa tradicional, pública e de renome o bicho pega. Já pensaram na repercussão negativa que isso teria no mundo inteiro? Copacabana pela primeira vez sem sua queima. Certamente o prefeito junto com sua assessoria fizeram as contas e viram que seriam três milhões gastos para faturar muito mais com a presença dos visitantes. Caso não houvesse a queima muitos turistas nunca mais voltariam. O Rio seria desmoralizado. Será que não seria trocar seis por meia dúzia? É preciso raciocínio. Lógico que foi só uma comparação pois se a festa de Reis em Carpina fosse cancelada não teria repercussão no mundo. Mas ia gerar um ti-ti-ti no estado, e recursos deixariam de entrar. Alguns não mais voltariam baseados na tese de que não mais valeria a pena, uma vez desmoralizada é recuperar.

Bem, enfim, gostei da festa e foi super aprovada a localização do palco improvisado. Não eram bandas que necessitavam de grandes estruturas e o show ficou mais perto do povo e do comércio!

Resta saber se o prefeito irá conseguir regularizar o pagamento dos funcionários já que o mesmo havia dito que não haveria festa para poder regularizar o pagamento, porém no caso houve a festa...E agora José??? Esperemos que tenha sido uma decisão estudada, parabéns pela festa. As famílias se divertiram.

Aqui você confere nossos registros:

Crédito das fotos: Danielle Nurse
Pré-candidata a prefeita de Carpina Marta Guerra

Prefeito Carlinhos do Moinho e vereador Dedé Lanche










Ginei Francisco, esposa e amigos




O escritor Ubirajara Bezerra e esposa

Iram



Nenhum comentário:

Postar um comentário