quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Em plena crise que atravessa o município do Carpina a baderna e a politicagem se destacam



É o que se vê. Com as crises e duros ataques a atual gestão, baderneiros de oposição a atual gestão, digo baderneiros porque é preciso saber ser oposição, tem aproveitado para tumultuar até pelas redes sociais, tentando prejudicar ainda mais a gestão, o que significa prejudicar a cidade do Carpina por questões pessoais.

Sabemos que as coisas não andam nada boa, agora, daí a ficar fazendo motim, depredar, arrancar um enfeite natalino na praça para deixar a cidade mais feia, jogar lixo depois do mutirão ter passado e a última trazerem um monte de livros de uma instituição privada de educação e jogar em frente a uma escola municipal para prejudicar a gestão, é baderna e vai contra a ética da cidadania. Tem pessoas que fazem questão de serem cidadãss apenas através de documentos. De ser apenas mais um.

Não há dúvidas de que quem fica de fofocagem, criando perfilzinho falso na internet sem querer mostrar a cara, fazendo foto montagem e blá, blá, são pessoas que provavelmente eram da outra gestão e estão com raiva porque perderam o peitinho. Pessoas que falam da gestão não por achar que ela está fazendo mal a Carpina, mas simplesmente por achar que faz mal a seu bolso. Assim como os capachos da gestão atual que batem palmas para simplesmente tudo da atual gestão, que está com falhas gritantes e não reconhecem de forma alguma e ainda ficam com raiva das críticas lançadas, aliás essas pessoas provavelmente faziam na gestão passada o papel dos baderneiros de hoje.

Quem ama Carpina torce por ela, fiscaliza e independente de questões partidárias aplaude a gestão se ela acerta para incentivar o gestor ao contrario do que já ouvi por aí: "O prefeito pode fazer a melhor ação do mundo mas não reconhecerei pois sou do contra" - vergonhoso.

Forjar irregularidades em uma gestão é uma covardia que fere a cidadania!

Nenhum comentário:

Postar um comentário