sexta-feira, 28 de junho de 2013

Ex-vereador de Carpina é preso por peculato e prefeito do Carpina diz que a prefeitura está isenta de qualquer culpa


O ex-presidente da Câmara Municipal de Carpina, Edilson Gomes da Silva( Edilson da Ambulância), foi preso na manhã desta sexta-feira (28) no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e foi encaminhado para a delegacia seccional de Goiana. A prisão foi resultado de uma atuação conjunta entre o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Polícia Civil. Os promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) se dirigiram para Goiana para acompanhar de perto a prisão. O ex-vereador está sendo acusado de peculato, falsificação de documentos, falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Outros crimes ainda estão sendo investigados. De acordo com a assessoria do MPPE, Edilson presta depoimento e segue em seguida para o Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel).
Edilson, é acusado de desviar pelo menos R$ 800 mil pagos em diárias e outras despesas enquanto presidente da Câmara de Vereadores (2005 a 2012). Em operação realizada ontem pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, foram recolhidos documentos, móveis e utensílios pertencentes à Câmara de Carpina e que estavam em imóveis pertencentes ao ex-vereador. Entre os objetos estavam móveis e computadores, todos com placa de patrimônio indicando a origem. Foi preciso um caminhão para fazer o transporte. O vereador não foi preso durante a operação.
A equipe do Diario de Pernambuco e o Dani Nurse Blog tentaram falar com Edilson da Ambulância, mas ele não atendeu aos telefonemas. Ele ocupava o cargo de secretário de Obras da Prefeitura de Carpina. O prefeito do município, Carlos Vicente (PSB), em entrevista ontem (27), minimizou o caso ao afirmar que a investigação se limita ao Legislativo. “Esta investigação não atinge a gestão de jeito nenhum. É uma questão da Câmara Municipal e não tem nada a ver com a prefeitura”, declarou.

*Para mim Danielle Nurse, é extremamente duro e constrangedor, como já disse hoje no programa, ter que relatar essa fato, Edílson é uma pessoa boa mas que talvez tenha metido os pés pelas mãos, e meu dever (para manter a integridade do meu trabalho que tanto me esforço para manter) é mostrar o que está acontecendo. Todo mundo um dia errou, e cedo ou tarde colhemos as consequências de nossos atos. A gente clama tanto por justiça que não seria justo e reto de minha parte se fosse contra a justiça nesse momento por ele ser meu amigo. Mas ainda sim sofro, pois é uma pessoa humana e que fez por muita gente inclusive por mim e sem que eu pedisse, de forma espontânea que é o mais bonito. O que me dói é saber que isso acontece, mas nem com todos, e que tem muita gente que fez e faz igual se tiver a mesma oportunidade que ele teve, e está se regozijando, gente que de repente até ajudou nas investigações. Deixa quieto. E a justiça seja feita para servir de exemplo. Quanto ao prefeito, também concordo que ele não tem culpa de absolutamente nada, e este mesmo Edílson fez parte da antiga gestão tendo sido ele próprio que abandonou o grupo, sendo assim o outro não pode de forma alguma inflar o peito e dizer que virou as costas para Edílson por ter descoberto falcatruas. Engole essa quem quiser.

Estou triste...

Nenhum comentário:

Postar um comentário