quinta-feira, 7 de março de 2013

Em plena semana da mulher, homem é preso após matar ex-mulher e ex-cunhada em Tracunhaém

Foto ilustrativa
Carlos da Silva, 38 anos, foi encontrado há cerca de 150 metros do local do crime e foi denunciado à polícia por moradores. Por pouco ele não foi linchado. Ele prestou depoimento na delegacia da cidade e foi conduzido para o presídio de Vitória de Santo Antão.

De acordo com a polícia, o  suspeito foi, por volta das 14h da última terça-feira, até a casa das vítimas, na Rua Dezessete, no loteamento Liberdade, após saber que a ex-mulher, Severina Balbino 28 anos, tinha tirado R$ 5 reais da pensão e dado ao sobrinho, Walmir Balbino de 18 anos. No momento, Severina, que chegava de um supermercado, tentou defender o sobrinho e foi golpeada com uma faca tipo peixeira. A morte foi presenciada pela mãe da vítima.

Após o crime, o autuado subiu no primeiro andar da residência e arrombou a porta com chutes para pegar o filho da irmã da vítima. Na tentativa de impedir Carlos da Silva, Rosilda Balbino, 27 anos, foi morta e teve as roupas intimas cortadas. Na hora do assassinato, duas crianças estavam na casa dormindo.

O suspeito, que confessou o crime, estava separado há três meses e tentava reatar o relacionamento, mas a ex-mulher, Severina José Balbino, não queria voltar porque era muito agredida pelo acusado. A mãe da vítima confirmou o comportamento violento do acusado a polícia.

A polícia afirmou que segundo o suspeito o crime contra a ex-cunhada se deu porque ela interferia muito na relação do casal. Carlos da Silva estava desempregado e tentou se converter a uma igreja evangélica. Ele e a vítima tinham um filho de 2 anos e 5 meses. Ele não quis conversar com a imprensa, mas repetiu várias vezes que era honesto e trabalhador.

* Em plena semana da mulher o estado se depara com esse duplo bárbaro assassinato em Tracunhaém...Eu fico indignada, sem saber o que dizer e pensar com essa raça covarde que insiste em achar que mulher não tem direito a escolha e usa da força física para conseguir o que quer e mostrar que tem que prevalecer a sua vontade, nesse caso especificamente este homem de alma possuída além de tudo provavelmente tem a mente pervertida, nada a ver cortar as roupas íntimas da cunhada....Indignada! Que ele pague, mas pague sem alívio pelo crime que cometeu para que sirva de exemplo para homens que tratam as mulheres como objeto, sem vida e sem emoção. Que sirva de exemplo a justiça e não a impunidade!
Dani Nurse

Nenhum comentário:

Postar um comentário