terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Sobre prisão de Eike Batista: Até a cantora Gretchen que dizem não ter juízo fez faculdade de letras.

Resultado de imagem para eike batista

A prisão de Eike Batista que já foi o homem mais rico do Brasil, e é considerado o dono de uma das maiores fortunas do mundo, levantou uma discussão nas redes sociais. A importância dos estudos para garantir mais do que um status, um conforto pelo menos em caso de prisão, e que muitas vezes acontece de forma injusta (não estou dizendo que este é o caso). O empresário foi levado para um presídio para pessoas sem curso superior, lá ele divide a cela com 16 detentos, tem direito a uma tv de apenas 14 polegadas, um ventilador, banho através de um cano que jorra água fria (nada de chuveiro, que dirá quente), e sem vaso sanitário, apenas um buraco no chão.

Agora imaginem o que é para um homem desses depois de tanto luxo que viveu, desfrutou, conheceu diversos lugares desse mundo, ver agora o sol nascer quadrado nessas condições.

Esquecendo a possibilidade de uma prisão e pensando apenas no status que é ter um curso superior, quantos gostariam de ter a oportunidade que o mesmo teve para garantir talvez não só um, mas como 2 ou três cursos superiores em seu currículo só pela satisfação de incrementarem sua bagagem. 

O estudo é a base de tudo, e quando se chega a um extremo desse é que se sente da forma mais dolorosa. Se o mesmo tivesse feito bom uso da oportunidade que a vida lhe deu, estaria agora em cela especial, ou melhor, talvez nem preso estivesse!
É de se admirar como um homem daquele não teve a capacidade, o discernimento de fazer um curso superior. É muito atraso mental.
Uma cantora como  a Gretchen que muitos dizem não ter juízo, se preocupou em fazer faculdade de letras e se formou ainda em tradução, a cantora Sandy é outra... Mas quando cabeça não pensa, o corpo padece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário