terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Com bate-boca entre Resende e Danone e confusa ao povo foi sessão na Câmara para discussão de criação de cargos e aumento dos vencimentos na prefeitura do Carpina.


Uma sessão extraordinária aconteceu na última sexta-feira para discussão do projeto enviado pelo executivo para *criação de novos cargos da prefeitura e *aumento de salário do secretariado. Ao contrário da sessão que aconteceu na Casa Dr. Murilo Silva, que foi tumultuada, que se desviou da pauta por vários momentos, não foi nem um pouco objetiva, ainda contemplando o povo com bate-bota entre os vereadores Resende e Danone como você poderá conferir no vídeo, procuremos aqui ser diretos.

Os dos projetos foram aprovados salvo sob algumas emendas dos vereadores Antônio Resende, Manu Lapa e Guilherme de Lia.

Com 15 vereadores na ausência do vereador Tota Barreto e Da Paz, o Presidente Bila para esta matéria não exerceu voto, por 12 votos favoráveis a 2 contrários que foram os vereadores Diogo Prado e Manu Lapa, o projeto de Lei de número 001\2017 sobre a criação de cargos comissionados foi aprovado.

Já o projeto de Lei de número 002\2017 foi aprovado por 12 votos a 3 contrários que foram dos vereadores Diogo Prado, Manu Lapa e Antônio Resende.













Sobre a discussão entre os vereadores Resende e Danone, a mesma se deu quando o vereador Aldinho do Danone disse aqueles que discordaram ao aumento do salário do secretariado se referindo ao mesmo como abusivo, e o parlamentar disse que mais abusivo era o salário dos vereadores que trabalham só duas horas por semana. "Qual é o mais ""abusível?""(ai que dor) - questionou o vereador. De fato um comentário infeliz e despreparado pois sabemos que de fato existem pelo país milhares de vereadores inoperantes que só vão as sessões para balançar a cabeça aprovando ou reprovando projetos, mas a realidade não é essa, o trabalho de fiscalizar não é fácil. Para o vereador que quer exercer seu trabalho com excelência e honrar os votos que recebeu, trabalho não falta.

Acompanhe o "tom" abaixo, o que levou o Presidente da casa, vereador Bila a suspender a sessão por 5 minutos. Obs: Logo após o vereador Danone pediu desculpas ao povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário