quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Movimento Unidos Pela Ordem - A Advocacia Avança reúne 250 pessoas no lançamento



Evento contou com palestra de renomados nomes do processo civil no Brasil

Pelo menos 250 pessoas estiveram presentes no lançamento Movimento Unidos pela Ordem – A Advocacia Avança, que aconteceu no auditório da FIEPE, em Santo Amaro, na noite de ontem (16). O mundo da advocacia esteve reunido por duas horas para prestigiar também, a palestra sobre o Novo CPC- Código de Processo Civil, com os  renomados advogados e professores Leonardo  Carneiro da Cunha, Misael Montenegro e Mozart Borba conhecidos nacionalmente. 

De acordo com o coordenador do movimento, o advogado Gustavo Ramiro, a perspectiva do grupo é poder ouvir sugestões para a melhoria da advocacia no estado. “Não estamos lançando aqui pré-candidatura. Hoje lançamos oficialmente o movimento e a partir disso vamos colher propostas para trabalharmos em prol da categoria”, afirmou. A ideia é que outros seminários ocorram e a opção por iniciar a agenda debatendo o novo Código Civil se deve ao impacto que ele tem sobre o exercício da atividade jurídica. 

Experts em Processo Civil os professores palestrantes deram um show sobre o tema para a plateia que ouvia atenta. O CPC é a lei mais importante abaixo da Constituição. E começa a vigorar em março de 2016. “Como tudo que é novidade, o novo CPC precisará de um período de adaptação que vai depender não apenas do conhecimento da lei, mas também da estruturação do judiciário”, disse Misael Montenegro.

Mozart Borba destacou o impacto do novo código na nova geração de advogados. “É um novo paradigma. Para quem não é do meio judiciário a reclamação da burocracia é grande e ele vem simplificar muita coisa. E implantar isso com quem está começando agora é garantir um judiciário mais eficiente no futuro”, afirmou.

O professor Leonardo Carneiro da Cunha elogiou a iniciativa do movimento em fazer o lançamento esclarecendo o público sobre as novidades que estão por vir. “O movimento está valorizando e unindo a advocacia”, frisou.

Movimento – O objetivo do grupo é contribuir com a construção de novas soluções para os diversos temas que se apresentam no cotidiano de todos os segmentos da advocacia. O movimento, formado por advogados de áreas distintas, vai colher sugestões que intensifiquem os avanços já alcançados na defesa dos interesses da advocacia. O grupo tem como base a defesa permanente dos direitos dos advogados para que estes exerçam suas funções com liberdade profissional, sem violações das prerrogativas legais e o cometimento de arbitrariedades, que usualmente acometem a classe.  A baixa qualidade do ensino jurídico; a ausência de planejamento e de uma estrutura adequada no Poder Judiciário, além da proletarização da profissão; o exame de Ordem; a qualificação profissional e o apoio ao advogado no exercício do seu mister - sobretudo em início de carreira são pontos que integram a agenda de preocupações.


Izabel Melo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário