terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Abrigando 59 cães Beatriz Lapa chora e diz: "É um amor tão grande que já está me fazendo mal"

Crédito das fotos: Danielle Nurse

Na última semana estivemos na residência da senhora Beatriz Lapa que é conhecida na cidade de Carpina por sua compaixão pelos animais. A casa dela hoje se transformou num abrigo de animais onde ela abriga 59 cães, entre eles 22 atropelados e três paraplégicos, há ainda cães com câncer, glaucoma, com sequelas de cinomose. Animais, incluindo os gatinhos, que chegaram lá pelas mais diversas situações e que hoje tem casa, comida, tratamentos de saúde e o principal: muito amor e respeito.

O problema é que esta obra de caridade tomou uma proporção gigantesca e hoje Beatriz passa por dificuldades para dar dignidade a esses animais e precisa da ajuda da população já que muitas delas lá abandonaram animais para que a mesma cuidasse, é um caso de saúde pública! Não temos um abrigo público para eles e todos eles estariam nas ruas se em Carpina não existisse o trabalho de Beatriz Lapa e do Gadac que também carece de ajuda. "É um amor tão grande que já está me fazendo mal, tô de um jeito que sofro por não poder dá uma qualidade de vida melhor para eles" - diz emocionada Beatriz nesta entrevista que você vai ouvir, ela ainda faz um apelo a população e mostra total descontentamento com o poder público que segundo ela um funcionário ainda colocou um animal lá que vivia na garagem de prefeitura sem prestar assistência.

Agora ela vende as camisetas do Bloco Vira-Lata que desfilará no próximo dia 8 de fevereiro e foi uma iniciativa de Júnior dos Cachorros para angariar recursos para seu abrigo e o Gadac para aliviar o orçamento.

Ouça as reclamações, o apelo e o desabafo completo de Beatriz e saiba como e onde comprar seu abadá e outras formas tão simples de ajuda clicando aqui:

http://www.4shared.com/mp3/y0mli-Whba/BeatrizLapa.html?



A doce Rebeca ficou paraplégica após uma atropelamento e aguarda recursos para cirurgia
Encantada com tanto carinho





Esse cachorrinho infelizmente só deixa a Beatriz Lapa se aproximar pois tem medo de qualquer ser humano após ter sido vítima de espancamento por 2 meses


Devido ao pouco espaço esses gatinhos vivem há 3 meses em cima de uma gaiola sem sair para nada para não serem mortos pelos cães os quais dividem espaço



Apaixonei-me pela doçura da Rebeca


Nenhum comentário:

Postar um comentário