quarta-feira, 20 de maio de 2015

Escritório de Projetos reúne gestores municipais da Zona da Mata e da RMR


 

Prefeitos e representantes dos municípios da Zona da Mata e da Região Metropolitana do Recife participam, nesta quinta-feira (20), de reunião com analistas e técnicos do Escritório de Projetos (EP) da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). O objetivo do evento é apresentar os produtos oferecidos pelo EP aos municípios, além de estreitar os laços com os gestores, recebendo colaborações e tirando dúvidas. 

“O Escritório de Projetos foi um compromisso assumido na campanha pelo governador Paulo Câmara que, em poucos meses, já colocou à disposição das prefeituras um edital para financiar projetos de engenharia, vai disponibilizar em junho cursos de capacitação, além de orientações na área de captação de recursos”, explicou o secretário executivo de Apoio aos Municípios da Seplag, Flávio Figueiredo.

Na semana passada, o EP reuniu os 60 gestores do Sertão e do Agreste, entre prefeitos e secretários. De acordo com a gerente do EP, Daniela Medeiros, a ideia é ajudar as prefeituras a superarem as dificuldades no acesso a recursos sejam eles federais ou de órgãos externos. “Também pretendemos ajudar na elaboração de planejamentos estratégicos, definição de prioridades e cumprimento de metas. As prefeituras interessadas podem procurar o Escritório de Projetos para agendar encontros específicos com cada município”, afirmou Daniela.        
  
No encontro desta quinta-feira, o EP distribuirá uma cartilha aos gestores presentes esclarecendo todas as dúvidas com relação ao Edital de R$ 10 milhões para financiamento dos projetos, tendo em vista que o prazo para entrega das propostas é até o próximo dia 31. O edital está disponível no site da Secretaria de Planejamento e Gestão (www.seplag.pe.gov.br). As propostas podem ser apresentadas pelas prefeituras isoladamente ou através de consórcios municipais. Serão disponibilizados até o limite de R$ 200 mil por proposta. No caso de consórcio de municípios, o valor limite por proposta será diferenciado: R$ 300 mil, para consórcios com duas cidades e R$ 400 mil, para entidades com três ou mais cidades.

Secretaria de Planejamento e Gestão

Nenhum comentário:

Postar um comentário