terça-feira, 6 de agosto de 2013

A repórter Dani Nurse visita o ex-presidente da Câmara de Carpina e amigo Edílson da Ambulância e relata momentos


 


Sábado, 3 de agosto, 7:30 da manhã e eu ansiosamente aguardava o momento para irmos até o COTEL (CENTRO DE OBSERVAÇÃO CRIMINOLÓGICA E TRIAGEM PROF. EVERARDO LUNA), onde se encontra desde o dia 28 de junho o ex-vereador, presidente da Câmara de Carpina, ex-secretário de obras e amigo de muitos, Edílson Gomes da Silva o Edílson da Ambulância.  Os motivos da prisão já são evidentes à todos. Quero dizer que não vou relatar aqui todos os detalhes de minha visita, porque antes de tudo foi uma visita a um amigo que passa por momento de turbulência, que desabafou, tanto que em momento algum cogitei em nosso primeiro encontro, e tomara que último no COTEL, gravar entrevista .

O que trago aqui é sim o estado geral de Edílson que está sim emotivo porém muito bem obrigada. Ao contrário do que más línguas afirmam, ele não emagreceu excessivamente, não está comendo papa fria sem canela e repetindo está muito bem, na medida do possível claro, e confiante de que a justiça será feita de forma realmente justa. Separados por uma grade que separa detentos dos visitantes, ele me relatou a mágoa que sente de algumas pessoas a qual se passavam por amigas e o traíram, porém não há espaço para raiva. "Sempre oro por eles para que tenham paz e não façam com mais ninguém o que fizeram comigo."-Todos os dias Edílson tem ido aos cultos dentro do COTEL, e disse que desde sua prisão, Deus tem sido muito bom para com sua pessoa. "Em nenhum momento fui algemado, submetido a constrangimentos ou coisa do tipo. Aqui não estou em cela, tenho acesso ao pátio e uma pessoa que cozinha pra mim."- disse Edílson que se emocionou assim como essa blogueira que vos escreve por algumas vezes durante minha visita. Além disso, Edílson disse ainda, que essa experiência o fez descobrir os verdadeiros amigos. Foram aproximadamente duas horas de visita que passaram como se fossem apenas 30 minutos e terminou com uma oração minha e um beijo do ex-parlamentar em minhas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário