segunda-feira, 6 de maio de 2013

Primeira-dama de Pernambuco pode ser candidata à Câmara Federal

 



A família Arraes pode ter uma nova candidata à deputada federal nas eleições de 2014. Nos bastidores, o nome da mulher do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), surge como uma das opções do clã para ocupar a “vaga” da ex-deputada e mãe do socialista Ana Arraes, que renunciou ao cargo depois de ser nomeada ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) em 2011. A informação foi destaque do jornal Folha de S. Paulo deste domingo (5), mas já era ventilada no estado desde que Campos começou a trilhar o caminho de sua candidatura ao Palácio do Planalto.

De perfil discreto, a primeira-dama não gosta de dar entrevista e prefere não criar polêmicas. Aliados próximos ao governador, porém, descrevem a mulher de Campos como atuante nos bastidores e conselheira do marido. Renata Campos é economista e funcionária pública do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE). Quando o marido assumiu o governo, ela foi cedida à administração estadual, onde passou a comandar o programa “Mãe Coruja”, destinado a grávidas pobres.
A mulher do governador seria a escolhida por ele para herdar o espólio eleitoral da família na Câmara Federal. Há quase 30 anos, a família Arraes tem representante no Congresso Nacional. O ex-governador Miguel Arraes, avô de Eduardo, foi eleito deputado federal três vezes, a exemplo do neto. A eleição de Renata garantiria os votos em “casa” e daria apoio decisivo ao marido na eleição de 2014, pleito que ele pode disputar a eleição presidencial.


 Fonte: Pernambuco.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário