segunda-feira, 6 de maio de 2013

Comissão pode ajudar produtores atingidos pela seca na Zona Mata

Comissão pode ajudar produtores atingidos pela seca na Zona Mata. Foto: Marcelo Lyra/Esp. DP/D.A Press/ArquivoOs prejuízos provocados na cultura canavieira pela maior estiagem dos últimos 50 anos serão discutidos pelos deputados estaduais da recém-criada Comissão Parlamentar para tratar dos problemas causados pela seca na Zona da Mata. Nesta segunda-feira, os parlamentares participam de uma reunião na sede da Associação dos Fornecedores de Cana de Açúcar, na Imbiribeira. Na ocasião, será apresentado uma proposta técnica para solicitar apoio para os cerca de 12 mil produtores atingidos pela seca. Segundo a AFCP, um terço da última safra foi dizimado e 15% da nova produção já foram afetadas com a morte de sementes.
A proposta está sendo preparada com apoio de Gregório Maranhão, responsável pela criação técnica do Programa de Recomposição da Atividade Canavieira na Mata Norte (ProRenor) no governo Jarbas Vasconcelos. O programa foi concebido numa época de estiagem e com significativas perdas na cultura canavieira. Ele consistia na distribuição de sementes da cana para o replantio, além da entrega de fertilizantes e herbicidas. A decretação de emergência da Zona da Mata na esfera estadual também será defendida pela AFCP. “O governo federal autorizou a renegociação das dívidas, mas a medida só tem efeito se a localidade estiver em emergência”, diz Lima.
A comissão é formada pelos deputados Henrique Queiroz (presidente), José Humberto Cavalcanti (vice-presidente), João Fernandes Coutinho (relator), Maviael Cavalcanti,  Ângelo Ferreira e Manoel Santos. Os dirigentes do Sindicato dos Cultivadores de Cana também participarão da reunião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário