quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Sem revelar o motivo Jarbas Vasconcelos desiste de concorrer à reeleição ao Senado


 (Marcos Oliveira/Agência Senado)


O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) desistiu de concorrer à reeleição. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (5) por meio de um comunicado oficial à imprensa. O peemedebista, em cerca de 40 linhas, fez um pequeno balanço de suas atividades políticas e do atual cenário político, mas não diz as razões que o levaram à decisão. Na mesma nota, Jarbas sugeriu o nome do deputado federal Raul Henry para compor a chapa majoritária do PSB. O senador está em Brasília desde segunda-feira (3), quando o Congresso Nacional retomou as atividades.

"Tenho um tremendo orgulho em ter contribuído para que o nosso estado vivesse o atual momento de mudança de parâmetros, de desenvolvimento econômico e de recuperação do nosso papel histórico de protagonismo no cenário nacional. Desse caminho virtuoso não podemos nos desviar um centímetro sequer", afirmou o senador na nota.

Jarbas lembrou as razões que o levaram a se reaproximar do governador Eduardo Campos (PSB) e apoiar os socialistas na disputa pela Prefeitura do Recife. Disse que o Recife "enfrentava um momento de turbulência e dificuldades, cujos tristes reflexos ainda hoje podemos perceber por toda a cidade" e que as eleições deste ano guardam semelhanças com as de 2012. "O modelo adotado pelo PT à frente da Presidência da República dá sinais evidentes de esgotamento, com a economia acumulando números e desempenhos negativos; e a população demonstrando nas ruas que deseja e quer mudar a cena política nacional", criticou. 

Em seguida, afirmou que o PMDB de Pernambuco decidiu apoiar a candidatura de Eduardo à Presidência da República e também o nome indicado pelo PSB para concorrer à sucessão do governador. Jarbas disse que já comunicou a decisão ao partido e ao socialista e, como coordenador do PMDB para conduzir as dicussões sobre as eleições deste ano, sugeriu o nome de Raul Henry para representar a legenda na chapa majoritária da Frente Popular. 

O senador chegou a afirmar várias vezes que gostaria de renovar o mandato. O PMDB, em reunião do diretório estadual, decidiu que a prioridade do partido seria a candidatura à reeleição de Jarbas. Mas o senador repensou sua posição nos últimos dias. A desistência do senador ocorreu depois de conversas com aliados, como o governador Eduardo Campos (PSB) no último fim de semana.

"Pretendo continuar na vida pública, dando minha contribuição para as práticas, as teses e os pensamentos que considero os mais adequados para colocar o Brasil entre as nações mais prósperas do mundo", encerrou a nota. 
Confira a nota na íntegra clicando para ampliar:



Com informações de www.diariodepernambuco.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário