quinta-feira, 28 de julho de 2011

Saúde: Hoje é dia de combate a Hepatite


Hoje é dia mundial de combate a hepatite. Uma doença que chega a ser até 100 vezes mais infecciosa que o vírus do HIV. E o pior disso é que é uma doença silenciosa, e quando vem apresentar sintomas normalmente já está em seu estado crônico. Cansaço, febre, mal-estar, tontura, vômito, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Médicos alertam que consumo de álcool e obesidade colaboram para a evolução da doença.

Segundo a organização mundial de saúde, dois bilhões de pessoas estão contaminadas e é provável que um milhão morram. No Brasil cinco milhões de pessoas estão contaminadas pelos vírus da hepatite B e C, mas estatística assustadora revela que 90% desconhecem.

Médicos defendem que os exames de diagnóstico devem se tornar comum em consultas de rotina sendo solicitados. O exame é feito através da coleta de sangue(mais comum) e biópsia do fígado que é o primeiro orgão atingido pelo vírus.

O tratamento que pode durar por seis mêses é oferecido pela rede pública e na rede privada pode custar cinquenta mil reais.

Existem vacinas contra a hepatite A e B nos postos de saúde, já para o vírus C não há vacina no entanto há cura.


Formas de contágio:


Hepatite A e E: através do contato com indivíduo, água e alimentos contaminados. Está diretamente relacionada a falta de higiêne.

Hepatite B e C: através da relação sexual desprotegida, de mãe para filho durante o parto, do compartilhamento de seringas, lâminas de barbear, alicates de unha e objetos cortantes, assim como os usados em tatuagens e pircieng e transfusão de sangue infectado.

Hepatite D: Quem tem o vírus B. A transmissão é semelhante ao do vírus B.

No Brasil as mais comuns são as hepatites A, B, C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário