quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Retrospectiva das eleições 2010

Surpresas, polêmicas, ingratidão, agressões, ofensas mútuas, muita baixaria, decepções e alegrias também claro marcaram as campanhas das eleições 2010.
Baixaria...
Esse ano a campanha em nossa cidade foi marcada por um verdadeiro show de baixaria que daria até uma novela. Novela esta que teria como personagens principais a dupla que com certeza protagonizou o maior show de baixaria dos últimos tempos: o ex-prefeito da cidade do Lagoa do Carro Tota Barreto e o Dr. Carlos Lapa que fugiram todo tempo do contexto do assunto em suas entrevistas disparando todo tipo de ofensas contra seus adversários, ofensas mútuas, teve candidato sendo chamado por seu adversário de ladrão, babaca, idiota e por aí se vai. Vida pessoal de candidatos, doenças, e até as plásticas estéticas que um deles fez veio a tona nas entrevistas. Pode?! Persuasão através do apelo religioso não só em nossa cidade, mas até entres os candidatos a presidentes da república se tornou comum. Aqui em Carpina teve neguinho se dizendo evangélico para enfeitar a campanha, mas na hora de massacrar o adversário o cristianismo ficava lá...
Outro forte concorrente a protagonizar o show de baixaria foi o nosso prefeito Manoel Botafogo que passou a perna no deputado Antônio Moraes. Depois de ter usado o apoio do mesmo para se reeleger, anunciou que não apoiaria o deputado nas eleições pois seu filho Josafá ou Botafogo Filho como queira, seria candidato. Seria menos mal se pelo menos o prefeito não tivesse se portado todo tempo como a vítima da história e tivesse por diversas vezes disparado ofensas contra o candidato que o ajudou a se tornar o que é hoje, e inclusive o acolheu em sua própria casa quando o mesmo fugiu da polícia após tentar agredir um jornalista com uma foice. O prefeito teve o displante de dizer que tinha medo que o deputado mandasse matá-lo caso seu filho ganhasse as eleições. Sem grandes comentários para tal declaração. Me soou baixo demais, ridículo.
Ingratidão...
Este ano testemunhamos através dos resultados das eleições na cidade de Carpina um dos maiores exemplos de ingratidão que já vi. Tivemos em nossa cidade um número expressivo de candidatos a deputado estadual e isso é bom. Porém o candidato Carlos Lapa perder em número de votos para um Josafá e uma Cássia do Moinho(sem querer de forma alguma desmerecer os referidos candidatos) é ridículo. Explica-se: A família Lapa passou quase 30 anos no poder e foi sob o governo deles que nossa cidade chegou ao topo levando o título da cidade de interior mais desenvolvida da mata norte, foi sob o governo deles que a cidade construiu várias escolas, que o Programa Amor foi criado, o extinto Sopão, o prédio da prefeitura (que sejamos realistas está hoje abandonado), o parque de eventos foi criado, foi sob o governo deles que foi adquirido o colégio Santa Cruz onde hoje é a faculdade o que garantiu status para nossa cidade, foi sob o governo deles que a cidade foi calçada, lembro-me de uma foto de infância de minha mãe tirada em frente a igreja São Sebastião, no centro, e a cidade era puro barro. Pena que não achei a foto para postar aqui para vocês, seria muito bom até para esclarecer e mente de certos jovens que não eram nascidos nessa época e se emprenham pelos ouvidos e saem dizendo por aí que os Lapas nada fizeram, é ingratidão...Tudo isso que relatei é só uma amostra do que os Lapa fizeram no exercício de seu mandato. Inclusive o próprio prefeito Manoel Botafogo reconheceu a ingratidão do povo ao dizer no palanque que era inadotável que o Dr.Joaquim Lapa tivesse perdido para Carlinhos do Moinho nas últimas eleições para prefeito e perguntou ao povo carpinense o que Carlinhos já tinha feito por Carpina...Realmente concordo em gênero em número e grau com o prefeito, apesar da maneira de fazer política excessivamente altiva do Dr. Carlos Lapa não dá para ignorar tudo que eles fizeram por nossa cidade, é muita ingratidão...
A impugnação da candidatura de Carlinhos
Carlinhos sem dúvida alguma era um dos mais fortes candidatos de nossa região, e para nossa surpresa e decepção de seus muitos eleitores e de seu grupo político sua candidatura foi indefirida pelo TRE por improbidade administrativa e o nome escolhido para assumir o seu foi o de sua filha Cássia do Moinho uma jovem estudante de arquitetura de 21 anos de idade, e alguns adversários espalharam boatos de que ela não poderia assumir a cadeira na assembléia caso eleita por ser uma candidata sob júdice, o fato é que o grupo de Carlinhos investiu alto na campanha da jovem que por sua vez também entrou de cabeça para honrar o seu partido e o nome de seu pai e por muito pouco a moça não chegou lá. Já corre por aí uma conversa que a moça irá disputar a prefeitura do Carpina em 2012. Vamos aguardar...
Polêmica
Um fato que me chamou atenção e serve para reflertimos e revermos certo valores é o caso Tiririca que ainda está no empasse. O comediante Tiririca foi o deputado federal mais bem votado do país e seus fãs e eleitores já estavam comemorando quando estourou a bomba de que o comediante seria analfabeto. Por lei não é permitida a candidatura nesse caso;  O resultado do teste de alfabetização do deputado federal eleito Tiririca foi anunciado nesta quinta-feira(11/11) pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

O deputado mais votado no Brasil sabe ler e escrever. A confirmação foi feita pelo presidente do TRE o desembargador Walter de Almeida Guilherme. Ele disse que o deputado federal eleito, Francissco Everaldo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca, leu e escreveu durante audiência para apurar a veracidade de sua declaração escolar.

Tiririca teve que ler o título e o subtítulo de duas páginas de um jornal e fazer um ditado retirado de um livro do seguinte trecho: "A promulgação do Código Eleitoral, em fevereiro de 1932, trazendo como grandes novidades a criação da Justiça Eleitoral". O desembargador não quis comentar o desempenho do deputado.
Tiririca chegou na sede do TRE acompanhado de seguranças. Ao chegar no tribunal, o desembargador informou que o juiz da 1ª Zona Eleitoral, Aloisio Sérgio Rezende Silveira, pode decidir ainda nesta quinta-feira a ação penal.
O Código Eleitoral prevê pena de até cinco anos de reclusão e o pagamento de multa por declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita para fins eleitorais em documento público.


Mas o que me fez refletir em toda essa história foi quando escutei um cidadão comentando que se um analfabeto não tem preparo para ser candidato, também não deveria votar, pois ele também não terá argumentos para escolher um candidato.
Realmente estranho: não pode ser votado, mas pode votar...
Agressão
Um outro fato que me chamou a atenção foi a agressão sofrida por militantes da presidente eleita Dilma Rousseff, pelo adversário José Serra. Acho vergonhoso para um candidato ter militantes desse tipo que insuflam a violência como também aconteceu com Mayara Petruso, eleitora de José Serra que num momento de fúria insana, sugeriu que todos os sulistas afogassem pelo menos um nordestino para se vingar pois atribui a vitória de Dilma Rousseff aos nordestinos.

Claro, arrumou um grande problema para a vida dela e agora está respondendo a inquérito policial por incitação ao preconceito e injúria racial. É triste que algumas pessoas deturpem o que é a verdadeira democracia. É preciso saber exerce-la!
Botafogo Filho
Carpina ganhou um novo representante na Assembléia Legislativa, o filho do prefeito Botafogo, Josafá, conhecido também como Botafogo Filho foi eleito com uma votação 38.110 votos. Em Carpina sua vitória foi comemorada com uma grande festa.
Deputado Antônio Moraes
O deputado atuante na cidade do Carpina foi reeleito e vai exercer seu quarto mandato!
Sérgio Guerra
O senador eleito deputado federal Sérgio Guerra( PSDB) quis agradar gregos e troianos para conseguir votos de todos os lados e se desmoralizou um pouco na visão daqueles que entendem a essência da política, a verdadeira política é ideal, ponto de vista, me digam o que tem a ver Botafogo Filho com Antônio Moraes? Cada um tem uma meta, uma visão diferente. Com qual dos dois ele concorda realmente? Na cidade podiam ser vistas fotos do senador com os dois candidatos. E olha que estou me referindo só a cidade do Carpina. Como diz um texto bíblico ninguém serve a dois senhores, pois há de agradar a um e aborrecer o outro...Com o senador Jarbas Vasconcelos o mesmo também não foi muito ético pois incentivou o senador a candidatar-se ao governo do estado, mas me parece que só para ser um figurante nas eleições pois o senador induziu á todos os prefeitos a apoiarem o governador reeleito Eduardo Campos, como fez com o nosso próprio prefeito Manoel Botafogo, claro, porque sabia que o governador estava em primeiro lugar nas pesquisas. Lamentável. Dizem que José Serra também anda bastante decepcionado com Guerra.
Marina Silva
Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima nascida em Rio Branco no dia 8 de fevereiro de 1958 é uma ambientalista, historiadora, pedagoga e política brasileira, filiada ao Partido Verde e anteriormente filiada ao Partido dos Trabalhadores. Foi ministra do Meio Ambiente e Senadora pelo Acre em Brasília.

Atualmente, Marina Silva ocupa o cargo de senadora pelo estado do Acre. Foi candidata à Presidência da República em 2010 pelo Partido Verde, obtendo a terceira colocação entre nove candidatos, com 19,33% da porcentagem total - expressivos 19.636.359 votos. Marina foi chegando de mansinho e com uma campanha humilde conseguiu uma legião expressiva de fãs-eleitores que compraram a idéia de sua candidatura. Marina pode ser considerada a grande revelação das eleições de 2010.
Dilma Roussef
O presidente Lula conseguiu eleger a sua sucessora. Os brasileiros foram às urnas com a convicção de que o projeto iniciado pelo governo Lula em 2003 será aprofundado e aprimorado pela economista Dilma Vana Rousseff.  A primeira mulher presidente da história do país. Com certeza as eleiçoes do ano de 2010 entrarão para a história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário