sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Armando Monteiro: “Temos a obrigação de ajudar as administrações municipais”



Prestes a iniciar o terceiro ano de seu mandato, o senador Armando Monteiro (PTB) defende que os prefeitos eleitos, e os reeleitos, precisam de todo o apoio possível para entregar os projetos prometidos à população e reforça que, no Senado, dará a contribuição necessária às novas gestões. “Vamos trabalhar muito em 2013. Temos a obrigação de apoiar estas administrações”, afirma Armando, que aponta como primordial a adoção de práticas modernas de gestão por parte dos prefeitos.

Na entrevista abaixo, concedida à Rádio Naza FM, Armando Monteiro também fala dos investimentos programados para Pernambuco – R$ 3,5 bi -, diz como tem colaborado para que o Estado atraia os recursos necessários à implementação de projetos importantes, e presta contas de seu mandato.

Veja alguns momentos da entrevista:

Trabalho por Pernambuco no Senado

Armando Monteiro: “Temos trabalhado desde o início do nosso mandato para trazer recursos federais para Pernambuco. Isso se deu em várias frentes, especialmente no Senado. Nós sabemos que aquela Casa tem responsabilidades, sobretudo na contratação de financiamentos externos que se destinam ao País, tanto ao Governo Federal como aos Governos Estaduais. Todas as operações de financiamentos externos junto a instituições multilaterais, como o Banco Mundial, BIRD, BID. Essas operações passam pelo Senado. Portanto, nós já temos sim dado uma contribuição para que Pernambuco garanta o acesso a esses recursos, para que Pernambuco realize um amplo programa de investimento como esse que o governador Eduardo Campos está anunciando para 2013, R$ 3,5 bi que serão investidos. Esse montante é composto por recursos próprios do Governo do Estado, que são gerados pela ampliação da capacidade de investimento do próprio Estado, mas também por financiamentos, que são contratados junto a instituições nacionais, e financiamentos externos também. Além disso, nós vamos ter recursos do próprio Orçamento Geral da União (OGU). E aí também cabe aos senadores, e eu tenho esse compromisso, de destinar as nossas emendas parlamentares para garantir estes recursos para Pernambuco”.

Os investimentos em Pernambuco

Armando Monteiro – “Esse programa de investimento que Pernambuco vai realizar, que será o maior programa de investimento da história de Pernambuco, é fundamental para que o Estado possa realizar ações na área de infraestrutura, na área viária, na área da saúde, com a ampliação das UPAs, por exemplo. Também uma grande soma de recursos para a área da mobilidade urbana, Copa do Mundo, para criar novos corredores de transporte. Pernambuco também precisa criar uma melhor infraestrutura hídrica, como uma malha de adutoras e a conclusão de importantes obras para garantir o abastecimento d´água. Portanto, tudo isto está contemplado neste amplo programa de investimentos que o Governo de Pernambuco vai realizar, com o apoio de toda a classe política de Pernambuco da bancada federal, incluídos os senadores”.

O crescimento de Pernambuco

Armando Monteiro: “Nosso Estado está colhendo os esforços de toda a comunidade pernambucana. É importante lembrar que também graças a parcerias do Governo Estadual com o Governo Federal. E nós temos que lembrar a grande contribuição dada pelo ex-presidente Lula. Não podemos esquecer isso. O ex-presidente Lula foi decisivo para que Pernambuco pudesse trazer a refinaria de petróleo, estaleiros, esse pólo de indústria naval que foi implantado em Pernambuco, as unidades petroquímicas, a unidade da FIAT que vai se instalar em Goiana. Tudo isto foi conseguido graças a esta parceria do Governo Estadual com o Governo Federal. Portanto, tudo isto é fruto do trabalho dos pernambucanos, mas sobretudo da capacidade e da habilidade de Pernambuco de promover as parcerias de modo a viabilizar os recursos. Não podemos deixar de registrar a grande presença e a contribuição fundamental do governador Eduardo Campos, que tem liderado esse processo, com resultados que são cada vez mais percebidos pela população de Pernambuco”.

A função do Senador e os benefícios para a população     

Armando Monteiro: “Muitas vezes a população não tem idéia do que é o trabalho parlamentar. O parlamentar não calça rua, não faz a limpeza urbana, não é diretamente responsável pela inauguração da escola. As pessoas ficam com a idéia de que o trabalho do parlamentar está distante. É sempre bom lembrar que os recursos da escola, os programas que possibilitam o investimento no setor viário, todos eles na origem dependem do orçamento da União. E o parlamentar trabalha para garantir do orçamento da União os recursos que são necessários e que são transferidos, que se traduzem em benefícios para a população. Além disso, meu trabalho parlamentar sempre esteve voltado para aquelas áreas que sempre mereceram a atenção de minha atuação como homem público: a educação profissional.

Fico feliz por ter ajudado a construir um programa que vai se ampliando no Brasil, que é o PRONATEC (Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Profissionalizante), que está permitindo ampliar a oferta de cursos gratuitos para formação e qualificação profissional. Tenho focado sempre o interesse da Micro e Pequena Empresa. Quero lembrar ao micro e pequeno empresário que tem uma mercearia, uma padaria, para o pipoqueiro, para o Microempreendedor Individual, para todos estes, que nós temos atuado com uma legislação que oferece a eles a possibilidade de pagar menos impostos, para poderem desenvolver os seus negócios com menos burocracia e menos impostos. Para que o microempresário possa crescer. Nós atuamos na Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, defendendo as alterações na Lei Geral, para melhorar a vida do micro e pequeno empreendedor”.

Segurança Pública, combate ao crack e projeto para dona de casa

Armando Monteiro: “Pensamos na segurança pública também. E saímos com uma série de projetos. Por exemplo, para fazer o Boletim de Ocorrência (B.O) simplificado, para punir os donos de imóveis abandonados, e que são utilizados para práticas criminosas, destinamos recursos para o combate ao crack, R$ 31 milhões através de uma emenda de nossa autoria, exatamente para combater este flagelo que vem vitimando a nossa juventude e infelicitando tantos lares em Pernambuco. Lembramos da dona de casa quando, por exemplo, relatamos o projeto que diminui o INSS para que a dona de casa possa também ter os benefícios previdenciários: aposentar-se, ter acesso aos benefícios da previdência, para aquelas que se dedicam ao trabalho doméstico. Então, tudo isso tem sido objeto da nossa atuação parlamentar. E por isso mesmo é que nós continuamos motivados a ampliar esse trabalho que nós fazemos lá no Senado”.

O reconhecimento do trabalho

Armando Monteiro: “Eu gosto muito dessas instituições que fazem uma avaliação isenta do trabalho parlamentar. São órgãos independentes, externos. Porque uma coisa é quando a gente faz a apologia ou faz o auto-elogio, com referências ao seu próprio trabalho. É sempre melhor que essas instituições independentes avaliem. E graças a Deus, nessa avaliações, o nosso trabalho tem sido reconhecido. Estamos entre os 100 congressistas mais influentes pelo 12° ano consecutivo pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar). E tivemos também, nestes dois anos no Senado, o reconhecimento de uma publicação muito respeitada, o Congresso em Foco, que nos considerou um dos senadores de maior destaque, um dos mais importantes, na defesa dos temas econômicos”.

A ajuda às administrações municipais

Armando Monteiro – “Primeiro, nós vamos trabalhar muito em 2013. Queremos ajudar as administrações municipais. Há prefeitos dando início a novos mandatos e há outros casos de extensão de mandatos que já vinham sido exercidos. Então, nós temos a obrigação de apoiar estas administrações. O PTB, que é o partido que eu tenho a honra de presidir em Pernambuco, elegeu 26 prefeitos, e nós temos quase 20 companheiros que são vice-prefeitos, em diferentes composições. Então o que nós precisamos é ajudar estes companheiros para que eles possam se desempenhar bem no cumprimento das suas missões. Já fizemos um seminário para poder oferecer um suporte técnico ao trabalho destes companheiros, que precisam responder às demandas da população com um trabalho eficiente e, sobretudo, com a adoção de modelos, de práticas de gestão modernas, além dos recursos federais que nós temos de viabilizar. Então 2013 será um ano de muito trabalho, de consolidação de projetos importantes que Pernambuco está implantando. Portanto, toda a nossa preocupação, toda a nossa atenção está voltada para esta agenda de 2013. Com relação a 2014, nós não podemos ainda antecipar este processo (sucessão estadual). Nós vamos trabalhar com o foco naquele compromisso que temos. O povo de Pernambuco nos elegeu para o Senado, para trabalhar por Pernambuco. Esta é a nossa preocupação. O futuro a Deus pertence. Vamos ver no futuro o que vai acontecer. Mas eu estou, como sempre estive, a serviço de Pernambuco. E tenho muito entusiasmo de poder servir ao meu Estado”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário