sábado, 17 de setembro de 2011

Projeto de duplicação da BR-408 é apresentado e discutido na câmara dos vereadores do Carpina


Na última quarta-feira(14/09), uma sessão com o Secretário de Transportes do estado de Pernambuco Sr.Isaltino Nascimento, transpareceu ao povo carpinense as mudanças que haverão com a duplicação da BR-408.
Uma reunião extremamente proveitosa já o secretário mostrou a visão geral do projeto e falou sobre os trechos,  sobre o custo da obra, a empresa responsável pela mesma, obras de arte especiais existentes sendo elas ponte sobre o Rio Capibaribe(duplicação da existente) e viadutos sobre linha férrea, sendo um total de 12 obras de arte existentes e 2 a serem restauradas.

O Secretário também falou sobre as desapropriações que inevitavelmente acontecerão esclarecendo para quem por acaso não tivesse conhecimento que o governo indeniza os desapropriados. Num total estima-se que serão 450 desapropriações(lado esquerdo e direito), sendo que já existem cadastros feitos para indenização e entre eles 36 em negociação, 06 já pagas e 38 já aguardando pagamento.

Ao final da sessão espaço ficou disponível para os que ali presentes tirassem suas dúvidas. E entre os questionamentos estiveram construção de paredes de proteção em alguns trechos da BR como por exemplo o que fica nas mediações da fábrica da Irca em que vários acidentes já ocorreram, a derrubada das palmeiras e ainda a possibilidade de ampliação das linhas de transportes já que até o momento só temos uma predominante.

Dada por encerrada a sessão que contou com a presença do gestor do município Manuel Botafogo, do deputado estadual Botafogo Filho e lideranças políticas como Maninho do Moinho, Carlinhos do Moinho, Tota Barreto, vereadores como Marta Guerra, Cícero de Florestinha, Bila, Charles Meira, Edílson da Ambulância, Cláudio do Gesso e Dedé Lanche eu entrevistei o Secretário de Transportes Isaltino Nascimento e perguntei qual a análise que o mesmo fazia da sessão já que ficou lotada e em relação aos anseios do povo que lhes foram direcionados se haviam possibilidade de se concretizarem, ouça a entrevista abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário