quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Vereador carpinense Edílson da Ambulância presta nota de esclarecimento aos carpinenses sobre os últimos acontecimentos da casa Dr. Murilo Silva

Um comentário:

  1. Gostei muito das palavras "interesse coletivo". Quando agente vai no dicionario e vê o significado de coletividade vê que o senhor vereador nao errou. Coletivo no dicionario significa: "Que abrange muitas coisas ou pessoas", logo Interesse coletivo seria algo que interessa a muitas pessoas
    Seria ideal que o Senhor Presidente da Camara colocasse no lugar de "interesse coletivo" o verbete "interesse do povo" ou "Interesse Popular".
    Porque se o interesse popular fosse levado em consideração, muitas coisas nao seiam aprovadas pela casa Murilo Silva. A DOAÇÃO do terreno é a principal delas.
    Nessa DOAÇÃO o "interesse coletivo" foi respeitado, pois algumas pessoas se beneficiaram, mas o "Interesse do Povo" nao, pois foi quem mais se prejudicou.
    Não se prejudica apenas quando se faz algum mal direto. Engano pensar que apenas roubando dinheiro da cesta basica, ou da merenda voce está prejudicando o povo.
    Nesse caso o povo de Carpina foi muito prejudicado sim, desde o mais humilde aos mais ricos.
    Os mais ricos porque se a única opção fosse a doação mesmo, que o fizesse para alguem da terra. Exemplos: Comercial 2001, Carvel, Edmilson Carmel, Edval, Manoel Bizarra... Tantos homens de carpina que poderiam investir naquele terreno...
    Os menos favorecidos foram os mais prejudicados, pois ali poderia existir uma Sulanca (como foi prometido), um ginasio de esportes (que está la), uma academia das cidades, uma área de laser, etc etc etc... tudo que gerasse prosperidade pra muita gente, e nao para poucos...
    No apagar das luzes, as escondidas, o que foi aprovado foi a Doação para um milionário de fora... Doação... é piada...

    ResponderExcluir