sábado, 6 de agosto de 2011

Novo pólo da Mata Norte: “Precisamos qualificar as pessoas”



O senador Armando Monteiro (PTB) defende que as lideranças políticas de Pernambuco ampliem os esforços para garantir mais qualificação profissional na Zona da Mata Norte do Estado, que passará nos próximos anos por importante boom de crescimento e desenvolvimento econômico. Na opinião de Armando, é preciso apoiar as ações que o governo Eduardo Campos já vem empreendendo na região.

“Nosso desafio é qualificar as pessoas porque se esse desenvolvimento não se traduzir em oportunidades para os carpinenses, para os que vivem aqui na região, não será um desenvolvimento completo. Então, vamos trabalhar para capacitar, qualificar os jovens e requalificar os adultos, porque não podemos olhar apenas os jovens”, afirmou o senador, durante visita aos novos investimentos feitos pela Galvanisa, fábrica de estruturas metálicas instalada em Carpina e que atende a grandes empreendimentos de Suape.

Armando Monteiro fez a visita com os prefeitos Manoel Botafogo (PSDB/Carpina) e Fernando Moreira (PTB/Paudalho), com os deputados federais Jorge Corte Real (PTB), presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), e Sérgio Guerra, presidente do PSDB nacional, além dos deputados estaduais Botafogo Filho (PDT) e Silvio Costa Filho (PTB). O senador percorre a Mata Norte nesta sexta-feira (5), onde mantém despachos administrativos e visitas a obras e projetos em Carpina, Paudalho, Buenos Aires, Ferreiros e Nazaré da Mata.

Em Carpina, além da visita à Galvanisa, Armando Monteiro prometeu se empenhar junto à bancada de Pernambuco, aos governos estadual e federal, para tentar viabilizar a implantação de um distrito industrial. “Carpina precisa de um distrito industrial para se incorporar bem a esse novo eixo de desenvolvimento de Pernambuco, que é a Mata Norte. Precisamos conquistar uma área e depois a infraestrutura”, ressaltou.

Em conversas com as lideranças políticas e empresariais da região, o senador Armando Monteiro fez questão de ressaltar “o papel que o governo do Estado vem desempenhando para deslocar esse pólo de desenvolvimento que já se configura lá no Sul, em Suape, para fazer um desenvolvimento mais equilibrado em Pernambuco. Nós não podemos ter apenas as empresas se localizando na área metropolitana e em Suape. Nós precisamos criar novos pólos de desenvolvimento. E por isso o governo do Estado atuou em boa hora. Nós podemos já falar do pólo farmacoquímico, que vem pra Mata Norte, a Hemobrás, a fábrica da Novartis e agora a Fiat, que vão beneficiar toda a região”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário