terça-feira, 30 de agosto de 2011

Entrevista com o deputado federal Raul Henry na IX Feijoada Solidária da escola Aluísio Germano

Aconteceu no último domingo(28/08) a IX Feijoada Solidária da Escola Estadual Aluísio Germano, um evento que acontece com a ajuda  dos mais diversos segmentos de nossa cidade e tem como meta arrecadar recursos para trabalhos sociais da própria escola. 
Muita gente contagiada de muita animação marcou o almoço. Todos que os que fazem a escola Aluísio Germano estão de parabéns pela iniciativa e sucesso do evento.
Entre os presentes estiveram o ex-prefeito da cidade do Carpina,  Neo Maguary, o atual prefeito Manuel Botafogo que por lá passou rapidamente, Geraldo da loja, a empresária Sueli Mattos, a vereadora Marta Guerra, e o deputado federal Raul Henry que desde que foi eleito com a ajuda de nosso município, vem sempre marcando presença em nossa cidade, e lá eu aproveitei para falar com ele sobre  suas visitas a Carpina, sobre a emenda no valor de R$300.000,00 destinados ao município tendo o prefeito na época alegado desconhecer tal emenda, e sobre política. A entrevista você confere agora:
  • Dani Nurse-O senhor sempre presente a cidade do Carpina, honrando os votos que recebeu...
  • Dep.Raul Henry-É uma alegria enorme sempre voltar a Carpina eu tive uma grande votação aqui, praticamente não fiz campanha aqui, não esperava aquela expressiva votação, e tenho adotado em minha vida como prática isso, estreitar a relação com os amigos que em mim confiaram e tenho procurado honrar a confiança em mim depositada pelo povo de Carpina.
  • Dani Nurse- Deputado, durante sua ausência houve uma confusão aqui na cidade a respeito de uma emenda destinada pelo senhor para que fossem investidos na área de esportes em nossa cidade. O gestor do município disse que desconhecia tal emenda, gerando um mal-estar com a vereadora Marta Guerra que trouxe a público a emenda destinada. Qual a sua colocação a respeito da atitude do prefeito?
  • Dep.Raul Henry-Todo deputado federal tem direito de apresentar emendas para o orçamento da união para contemplar aqueles município em que ele foi votado e eu apresentei uma emenda para Carpina no valor de R$300,00(trezentos mil reais) para aplicar na área de esportes por sugestão da minha amiga, vereadora Marta Guerra, esse ofício foi encaminhado para o ministério dos esportes, eu mandei uma cópia deste ofício protocolado para o prefeito de Carpina, e os recursos estão devidamente provisionados para o município. Se o prefeito não tem competência para apurar a finalidade deste recurso e nem tem condições de liberar esse dinheiro para fazer obra no município, é uma questão dele. Eu fiz a minha parte que era tentar corresponder a confiança que recebi da população de Carpina. Independentemente de estar em um lado político oposto ao dele, eu achei que tinha a obrigação de colocar os recursos para o município e assim foi feito.
  • Dani Nurse-E em Brasília? Como estão as coisas? Novidades?
  • Dep.Raul Henry-Em Brasília o ambiente está muito ruim, muito tenso, acho que esse processo de corrupção no Brasil contaminou todos os poderes, está no legislativo que é o poder do qual eu participo, no executivo, no judiciário e a presidente tomou algumas iniciativas importantes que devem ser aplaudidas e apoiadas para enfrentar essa situação. Infelizmente parece que semana passada ela recuou um pouco disso, disse que isso não é Roma antiga, mas não é questão de ser Roma antiga, é que o cidadão tem que ter a consciência que o imposto que ele paga não é para ser destinado ao roubo dos políticos, uma democracia só se sustenta quando  o cidadão que paga imposto e trabalha tem a convicção de que o sistema político existe para promover o bem comum e não para furtar dinheiro público. Acho que tem que ser apurado esse processo de escândalos, tem que ser apurado com firmeza, as responsabilidades tem que ser devidamente investigadas para que os culpados sejam punidos. Uma democracia não se sustenta se o cidadão comum não entender que a regra serve para todos e que o dinheiro público é para o bem comum, é para ser investido em saúde, segurança e não para ser roubado pelos políticos.
  • Dani Nurse- Deputado, Carpina já está no aguardo de seu retorno.
  • Dep.Raul Henry-Eu andei um tempo mais distante porque eu voltei a estudar e estou terminando um mestrado, agora no início de setembro eu farei a defesa da minha tese que é sobre educação e depois disso eu estarei mais disponível se Deus quiser, para voltar aqui quantas vezes eu for convidado. Quero participar aqui da campanha no próximo ano, quero estar ao lado dos companheiros que me ajudaram, e quero dizer a população de Carpina que vocês vão ter um deputado federal que vai apoiar o município nos quatro anos do seu mandato.



Deputado federal Raul Henry a direita entre amigos na IX Feijoada Solidária da Escola Aluísio Germano











2 comentários:

  1. cidadã carpinense1 de setembro de 2011 14:36

    parecia até que era uma festa particular ,infelizmente as fotos não conseguiram mostrar a grandeza do trabalho dos responsáveis que fizeram esse evento . Muitos quilos de verdura , feijão, charque,paio , etc e principalmente muita boa vontade .Mas como tudo se transforma em momento político , quem puder que queira aparecer mais. falando realmente francamente .

    ResponderExcluir
  2. Ok, muito bom o seu comentário, pois você divulgou melhor esse maravilhoso evento, confesso-te que estive lá com o intuito de prestigiar pelo segundo ano como pessoa e não como imprensa, até por não ter sido convidada para cobrir o evento. Aliás a única da imprensa que estava lá e coincidentemente, pois como disse fui como pessoa ao lado de amigos e lá fiz uma entrevista com o deputado que foi meu foco principal, o título da matéria responde por si só(Entrevista com o deputado Raul Henry....)daí então "aproveitando" para falar da festa, aqui e no rádio(que aliás o meu companheiro Lauriano Silva fez um singelo, porém excelente comentário), quem sabe ano que vem se for convidada como imprensa faço uma matéria com o maior prazer sobre o evento entrevistando professores e por aí se vai. De coração será um prazer. Quanto a os políticos quererem um aparecer mais que o outro, aí é com eles...

    ResponderExcluir