terça-feira, 12 de junho de 2012

Programa Chapéu de Palha irá beneficiar pescadores artesanais

Em 2012, o programa Chapéu de Palha, além de auxiliar os canavieiros e produtores da fruticultura irrigada, também será destinado para pescadores artesanais de 57 municipios de Pernambuco. O cadastro poderá ser feito em 91 polos e será dividido em duas etapas, sendo a primeira destinada para pescadores que vivem na Região Metropolitana do Recife e das Zonas da Mata Norte e Sul. As inscrição irão ocorrer entre os dias 13 e 16 deste mês. Em seguida, será a vez dos pescadores do Agreste e do Sertão pernambucano, de 18 a 21 de junho.

Quem for escolhido para participar do programa irá receber um auxílio de até R$ 242 (complementar ao Bolsa Família). Após receber o auxílio, o selecionado deverá participar de cursos de capacitação ou de qualificação profissional que serão oferecidos pelas secretarias de Educação; Trabalho; Qualificação e Empreendedorismo; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Agricultura e Reforma Agrária e Mulher.

O valor do benefício será dividido em duas parcelas, onde a primeira será paga em julho (referentes aos meses de maio de junho) e a segunda em agosto ( correspondente a julho e agosto).

Para se cadastrar, é necessário que os pescadores artesanais tenham em mão os originais e cópias da Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, comprovante de residência, Registro Geral da Pesca, que tenha sido emitido pelo Ministério da Pesca e Cartão do Cidadão ou da Bolsa Família (número do NIS e PIS). Quem não possuir esse registro do Ministério de Pesca, deverá apresentar, também, uma declaração da colônia de pesca ou associação de pescadores assinada pelo presidente e por mais três membros, relatando que o interessado pratica a pesca a mais de seis meses. Além disso, o candidato deve ser maior de 18 anos, não pode ser aposentado ou receber algum benefício do INSS.

Para outras informações a respeito de qual polo encontra-se mais próximo, o pescador deve ligar para 0800 282 5158.



Confira os 57 municípios que fazem parte do Chapéu de Palha da Pesca:
Região Metropolitana do Recife (12 municípios) - Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Ipojuca, Itamaracá, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife e São Lourenço da Mata.Zona da Mata Norte (04 municípios) – Carpina, Goiana, Lagoa do Carro e Paudalho.
Zona da Mata Sul (06 municípios) – Barreiros, Gameleira, Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré.
Agreste Setentrional (06 municípios) - Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, Lagoa de Itaenga, Limoeiro e Surubim.
Agreste Central (07 municípios) - Belo Jardim, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Panelas, Pesqueira e Riacho das Almas.
Agreste Meridional (03 municípios) - Águas Belas, Pedra e Venturosa.
Sertão do Moxotó (02 municípios) - Custódia e Ibimirim.
Sertão do Pajeú (03 municípios) - Afogados da Ingazeira, Iguaraci e Serra Talhada.
Sertão Central (02 municípios) – Parnamirim e Serrita.
Sertão do Araripe (03 municípios) - Araripina, Bodocó e Ouricuri.
Sertão do São Francisco (05 municípios) - Afrânio, Cabrobó, Lagoa Grande, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista.
Sertão de Itaparica (05 municípios) - Belém de São Francisco, Floresta, Itacuruba, Jatobá e Petrolândia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário