sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Carta enviada pela vereadora Marta Guerra ao blog: "UM OLHAR SOBRE CARPINA!"


Vejo a cidade de CARPINA, numa situação lamentável. Estamos sem rumo, sem norte, sem planejamento, sem serviços públicos de qualidade, enfim, estamos sem governo. A cidade  está cheia de problemas e o povo, principalmente os menos favorecidos, está sofrendo. E tudo isso, além de bastante lamentável, é injustificável, uma vez que a nossa Prefeitura tem uma das maiores arrecadações da Mata Norte . os recursos financeiros que vem dos Governos Federal e Estadual, a arrecadação municipal atual gira em torno de R$ 61.920.000,00 (sessenta e um milhões, novecentos e vinte mil  reais) por mês. Portanto, é muito dinheiro e quase nenhum retorno.
- É até difícil enumerar as carências do município, uma vez que são muitas. Vou citar as mais importantes: Falta água, falta saneamento básico, falta infra-estrutura adequada , falta limpeza e capina urbana, faltam estradas rurais adequadas, falta médico e remédios nos postos de saúde, falta uma política habitacional justa, falta segurança pública (principalmente em Caraúba e Caramuru), falta incentivo ao esporte, falta uma política de capacitação profissional, falta uma política de diversificação econômica que possa incentivar nossas e novas empresas em nosso município para geração de mais empregos, falta educação de qualidade, falta valorização do servidor público, faltam obras importantes, falta a manutenção de nossas ruas, que estão cada dia mais esburacadas e cheias de mato no Bairro Novo e Jardim Neópolis , falta assistência social adequada que ampare os menos favorecidos, falta uma política anti-drogas que salve nossos jovens do vício, da cadeia e até da morte . Enfim, falta competência, responsabilidade e compromisso com a coisa pública.

Caraúba e Caramuru são sempre desprestigiados e, por isso, estão carentes de tudo, como já dito acima.  teriam que ser valorizados, teria que haver, por parte do governo municipal, investimentos econômicos, sociais e ambientais.  Eles estão esquecidos, abandonados. Que pena!

Tenho procurado cumprir minha honrosa missão de representante do povo do Carpina de forma ética e produtiva. Não quero e não posso decepcionar aqueles que acreditaram e confiaram seu voto em mim. Estou na Câmara para legislar e fiscalizar o Executivo Municipal, estou para trabalhar e servir o povo do Carpina.

Você também pode. Você deve.
Quando cada um de nós sairmos de nosso comodismo, nossa complacência e até   certo marasmo diante das adversidades que o mundo nos apresenta e não deixarmos que todo o trabalho voltado para a dignidade humana se centralize nas mãos do poder público, quem sabe aí começaremos a viver melhor, mais coletivamente, mais democraticamente. Assim, podemos nos organizar ou sermos adeptos e voluntários em ONGS, em entidades públicas reconhecidas, etc., contribuindo para que o mundo se humanize. Mas, é realizando bem feito nosso papel do dia a dia, dentro do contexto em que vivemos, que estaremos lutando diretamente para que esses oito jeitos se concretizem. Neste meu mandato,  tenho vários projetos de minha autoria, voltados para a questão da mulher, do deficiente físico, do idoso, da criança e do adolescente, dentre outros.
Fica, portanto, aí, um convite a cada um de nós carpinenses participarmos também nessa luta para que o nosso futuro e o das novas gerações seja melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário